Pular para o conteúdo principal

Nhoque de mandioca, espinafre e molho de abóbora


“NHOQUE TERRA BRASILIS”

Para comemorar o Dia do Índio, 19 de abril, fui convidada pelo Programa Você Bonita, da TV Gazeta, a preparar uma receita.

Preparei uma receita de nhoque de mandioca, sem gordura!. Esta receita já foi estudada e preparada para outras oportunidades como um trabalho de parceria com a Clinica da Gislene Rocha, para publicação conjunta no livro Merc Cuca, no ano de 2012.

Antes de falar em receita e comemorações do dia do indio, vamos saber um pouco da história, como surgiu a data, quando e em que local.
Gislene, Ideli e Ana Tomazoni


Gislene, Sandra, Ana e Juliana (produção)
O Dia do índio, 19 de abril, foi criado pelo presidente Getúlio Vargas através do decreto-lei 5540 de 1943, e relembra o dia, em 1940, no qual várias lideranças indígenas do continente resolveram participar do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, realizado no México. Eles haviam boicotado os dias iniciais do evento, temendo que suas reivindicações não fossem ouvidas pelos "homens brancos". Durante este congresso foi criado o Instituto Indigenista Interamericano, também sediado no México, que tem como função zelar pelos direitos dos indígenas na América. O Brasil não aderiu imediatamente ao instituto, mas após a intervenção do Marechal Rondon apresentou sua adesão e instituiu o Dia do Índio no dia 19 de abril. O dia do Índio tem como função relatar os direitos indígenas e faz com que o povo brasileiro saiba da importância que eles tem na nossa história.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre



Ana Tomazoni e Gislene Rocha


Ingredientes da Massa Verde:

500g de mandioca cortada e espremida - 1½ xícara de chá de espinafre cozido -
1 ovo - 1 colher de chá de sal - 3 litros de água - Se necessário um pouco de farinha de trigo para enrolar os cordões e cortar os nhoques.

Ingredientes do Molho:

1 colher de café de curry - 2 dentes de alho -  1/2 cebola picada (opcional) - 500g de abóbora cozida - 2 xícaras de chá de leite desnatado - Sal e pimenta à gosto - Opcional: 1 xícara de chá de leite de coco light



Preparando a receita
Modo de Preparo da Massa: Misture a mandioca cozida, o espinafre, o ovo, o sal e vá acrescentando a farinha de trigo aos poucos, até obter uma massa homogênea. Em uma superfície enfarinhada coloque pequenas porções da massa, faça cordões e corte pedaços de 2 cm, formando nhoques. Ferva 3 litros de água com sal e cozinhe os nhoques, aos poucos, até começarem a boiar. Retire da água com o auxílio de uma escumadeira, deixe escorrer bem e reserve.

Modo de Preparo do Molho: Em uma panela coloque o curry e deixe aromatizar a panela, junte o alho e a cebola e refogue. Acres


cente a abóbora cozida, o leite desnatado, o leite de coco light, o sal e a pimenta à gosto. Deixe ferver até ficar cremoso. Bata no liquidificador e sirva com o nhoque verde.

Rendimento: de 4 a 5 porções.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JAMELÃO / JAMBOLÃO

Fui visitar uma amiga Nair Cisotto Garcia e ela me presenteou com frutas muita saborosas mas, desconhecida por mim.

Acolhido pela curiosidade, corri para pesquisar e já fazer um doce ou outro uso,veja o que a enciclopédia me mostrou, quero dividir com vocês essa experiência.

Lembrei da pesquisadora e redadora de uma coluna do jornal O Estado de São Paulo, O Paladar, muito querida Neide Rigo, tem um blog muito especial "Come-se". Vale a pena uma visita. Nesse blog ela fala de frutas, verduras ervas etc como pesquisa e prepara receitas.

Uma frutinha que lembra azeitona, talvez jabuticaba, com um caroço grande, , mas, o sabor é azedinho e muito saboroso, perante isso tudo fui logo pesquisar alguns site e já encontrei noticias, artigos etc.
Confira:Jamelão 
O Commons possui multimídias sobre Jamelão
O jamelão, jambolão, jalão[1], joão-bolão, manjelão, azeitona-preta, baga-de-freira, brinco-de-viúva ou guapê (Syzygium cumini, ex-Eugenia jambolana Lam. ou Syzygium jambolanum DC.) é …

Proporção de feijão

FESTIVAL GASTRONÔMICO ENCANTOS & SABORES DO SUL DE MINAS

O Festival Encantos e Sabores do Sul de Minas que aconteceu de 24 a 26 de agosto no Espaço Vila Calango em Passos-MG, teve atrações gratuitas como aulas de gastronomia, palestras, oficinas e mostras de produtos regionais com degustações. O evento foi realizado pelos Cozinheiros Sem Fronteiras com o Apoio da Associação de Restauradores Gastronômicos das Américas (Aregala Internacional) e apoio especial da empresa Roberta Rocha Cooking Business. Entre as atrações e delícias do festival aconteceu o jantar padrão internacional no sábado 26 sendo a renda entregue para a Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Passos. 
fotos Gustavo Camargo 25/08/2017







A Educadora e Chef. Ana Maria Tomazoni, membro da Aregala e Cozinheiros sem Fronteiras, realizou palestra e oficina prática com degustações para adultos e crianças na sexta feira dia 25 de agosto às 14:00 h e outra com as crianças às 16:00 h.


Na noite do dia 25 de Agosto aconteceram momentos de autógrafos do livro Educar com Alim…