Pular para o conteúdo principal

DICAS DE PANELA DE PRESSÃO


Fizemos uma matéria para o Portal Terra com dicas, receitas e procedimentos para o melhor uso da sua panela de pressão.

Você confere o que precisa saber na hora da compra.

A panela de pressão é uma grande alheada para as correrias do dia-a-dia.


Publicado no Portal Terra 11/02/2013. Em Vida e Estilo

Cozinhar em menos tempo, economizando energia. Assim podem ser resumidas as principais vantagens oferecidas pelo uso da panela de pressão. Um dos alimentos mais tradicionais na mesa do brasileiro, o feijão, geralmente, é preparado com ela. Outros grãos e carnes também rendem ótimas receitas.

O utensílio é seguro e precisa apenas de manutenção de tempos em tempos. Conheça como funciona, veja dicas de uso, receitas e, bom apetite!

1. Usando a panela de pressão é possível economizar gás e preparar receitas em menos tempo.


2. A tampa prende o vapor dentro da panela, o que provoca pressão e aumento da temperatura. Esse ambiente faz os alimentos serem cozidos mais rapidamente.

3. Numa panela convencional a temperatura de cozimento é de 100º C, já na pressão chega a 120º C.

4. O cozimento na panela de pressão preserva cerca de 90% das vitaminas dos alimentos. O preparo a vapor salva cerca de 75% e fervê-los mantém entre 40% e 65%.

5. A chef e consultora Ana Maria Tomazoni recomenda, na hora da compra, observar o Selo de Identificação da Conformidade do Inmetro, fixado na panela. Esse selo indica que a panela de pressão foi testada e há adequado grau de confiança e que está em conformidade com as normas técnicas brasileiras desse produto. Guarde a nota fiscal e a garantia que acompanha a panela.

6. Há diversos modelos, coloridas, anti-aderente, elétricas etc. A escolha é algo pessoal, analisando cada uso.

7. É importante ler as instruções que acompanham a panela, antes do uso.

8. Para saber quando o cozimento começa, observe quando a válvula reguladora de pressão começa a soltar vapor regularmente, como um sopro. "Aí o importante é baixar o fogo e começar a marcar o tempo de cozimento de acordo com cada alimento ou indicado na receita", ensina a chef e consultora Ana Maria Tomazoni.

9. O cozimento não será mais rápido com o fogo alto. É preciso atenção, pois, isso lhe dará mais segurança.
10. Se a panela não produzir pressão e o vapor escapar pela tampa, verifique se a borracha está colocada corretamente.

11. Enquanto a panela estiver no fogo, observe se a válvula está funcionando normalmente. Se não estiver liberando vapor, pode estar obstruída. Para resolver o problema, basta levantá-la.

12. Feche a panela muito bem. Não deixe frestas. Assim o alimento cozinha com o vapor e seu sabor e nutrientes são preservados.

13. Jamais abra a panela assim que desligar o fogo.

14. Assim que desligar a panela, deixe todo o vapor ser liberado naturalmente. O cozimento ainda estará sendo finalizado dentro da panela. "Esse é o grande segredo da panela de pressão", afirma a chef e consultora Ana Maria Tomazoni.

15. Se você tiver muita pressa, leve a panela de pressão sob uma corrente de água fria (torneira) e deixe sair todo o vapor pela válvula. Só então poderá ser aberta.

16. Uma dúvida frequente é a quantidade de água; deve ser colocada apenas 2/3 da capacidade da panela. A água deverá estar na altura do parafuso inferior que prende o cabo (observe pela parte interna da panela).

17. Se observar algum escape ou espuma formando na válvula, desligue o fogo e observe se os orifícios da válvula estão com algum entupimento.

18. Veja se a borda da panela está em bom estado e se não deformou com o uso.

19. Troque a borracha sempre que necessário. Com o uso frequente, ela perde a elasticidade e sua capacidade de vedação fica comprometida.

20. Uma boa dica é levar a panela para reparos ou manutenção na rede autorizada.

21. O cuidado com a higiene da panela é importante, retire a borracha de vedação e lave-a separadamente. Ao colocá-la verifique se está bem encaixada.

22. Assim que abrir a panela retire o alimento, para ser servido à mesa. Se for dividir em porções e congelar, a dica é retirar da panela, resfriar em banho-maria, em outro recipiente, para perder rapidamente a temperatura, dividir em recipientes pequenos de acordo com a quantidade de seu uso para próximas refeições. "Etiquete com nome, data e congele", ensina a chef e consultora Ana Maria Tomazoni.

23. Para cozinhar 1kg de feijão na panela de pressão, despeje os grãos, depois de higienizados, coloque água fervente até a altura máxima da panela (na altura dos pinos da alça) e deixe a panela tampada por 10 minutos, sem ligar o fogo. Depois acenda o fogão e deixe cozinhar por 10 minutos após começar a sair o vapor. Após esse prazo, desligue o fogo e espere cerca de 30 minutos antes de abrir a panela ou até todo o vapor ter saído.

24. O mesmo procedimento do feijão pode ser usado para cozinhar outros grãos.

25. Vale preparar arroz na panela de pressão, desde que seja o do tipo parboilizado, na opinião de Ana Maria Tomazoni. "Os outros não ficam muito saborosos", diz. Para conseguir um bom resultado, não dispense temperar com alho e cebola, ou outros ingredientes, como no preparo em panela convencional.

26. Cozinhar legumes da panela de pressão é boa opção se a intenção for a de preparar papinhas para crianças ou sopas.

27. Preparar carnes na panela de pressão é maneira de reduzir pela metade o tempo para amaciá-las. Cortes de primeira, incluindo as que costumam ser feitas na grelha, como picanha, ficam prontos em cerca de 20 minutos na pressão. Já os de segunda pedem cerca de meia hora. Não se esqueça de acrescentar os 30 minutos em que a panela descansa para o vapor sair.

28. O segredo para um bom prato de carne preparado na panela de pressão é temperar o alimento com antecedência, deixando na geladeira por pelo menos quatro horas. Uma dica da chef Ana Maria Tomazoni é montar arranjos com ervas (tomilho, alecrim, hortelã, alecrim, alho poró etc...), deixá-los no congelador e ir usando nas receitas. Os arranjos, bouquet garnis, podem ir do freezer direto para os pratos. Assim quando compramos maços de temperos no mercado não há chances de ter de jogar fora porque murcharam na geladeira.

29. Preparar pratos na panela de pressão dispensa o uso de muito óleo ou de qualquer quantidade. Segundo Ana Maria Tomazoni, a opção é usar azeite apenas para finalizar as receitas.

Confira as receitas e muitas dicas com o uso de Panela de Pressão no Portal Terra:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

JAMELÃO / JAMBOLÃO

Fui visitar uma amiga Nair Cisotto Garcia e ela me presenteou com frutas muita saborosas mas, desconhecida por mim.

Acolhido pela curiosidade, corri para pesquisar e já fazer um doce ou outro uso,veja o que a enciclopédia me mostrou, quero dividir com vocês essa experiência.

Lembrei da pesquisadora e redadora de uma coluna do jornal O Estado de São Paulo, O Paladar, muito querida Neide Rigo, tem um blog muito especial "Come-se". Vale a pena uma visita. Nesse blog ela fala de frutas, verduras ervas etc como pesquisa e prepara receitas.

Uma frutinha que lembra azeitona, talvez jabuticaba, com um caroço grande, , mas, o sabor é azedinho e muito saboroso, perante isso tudo fui logo pesquisar alguns site e já encontrei noticias, artigos etc.
Confira:Jamelão 
O Commons possui multimídias sobre Jamelão
O jamelão, jambolão, jalão[1], joão-bolão, manjelão, azeitona-preta, baga-de-freira, brinco-de-viúva ou guapê (Syzygium cumini, ex-Eugenia jambolana Lam. ou Syzygium jambolanum DC.) é …

DIA NACIONAL DA MANDIOCA HARMONIZADO COM O CAMBUCI E SLOW FOOD

DIA NACIONAL DA MANDIOCAHARMONIZADO COM O CAMBUCI E SLOW FOOD

O Convívio Slow Food Grande ABC SP e a escola Sabor e Saber Gastronomia tem um trabalho de educação alimentar a muitos anos com seus alunos e publico frequentador de eventos, feiras e congressos acadêmicos com estudos e praticas com a mandioca e o fruto nativo no Brasil o Cambuci.

Prefeito Paulo Serra do município de Santo André

O FESTIVAL DO CAMBUCI EM PARANAPIACABA
O Festival do Cambuci de Santo André é um evento realizado pela Prefeitura de Santo André junto à Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Secretaria de Gestão dos Recursos Naturais de Paranapiacaba e Parque Andreense, Empreendedores / Moradores de Paranapiacaba e diversos restaurantes no centro da cidade.
Este evento tem um papel importante no desenvolvimento do turismo da Vila de Paranapiacaba, reforçando a identidade cultural deste importante fruto nativo da Mata Atlântica e incentivando o desenvolvimento sustentável do local.
O fruto cambuci, pertence à…

OFICINA GASTROETEC: Gastronomia Brasileira e a Importância do Ato de Cozinhar

Oficina GASTROETEC Santa Ifigênia - SP com a Chef e Educadora Ana Tomazoni.