DIA NACIONAL DO COMBATE AO COLESTEROL


Acho importante termos a comemoração desta data que foi instituída pelo
Governo Federal  desde 2002, o dia 8 de agosto como dia Nacional do Combate ao Colesterol.

O Colesterol, considerado um vilão da saúde, desempenha funções essenciais em nosso organismo, como produção de vitamina D e hormônio. Em níveis elevados, o colesterol aumenta o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. 

A Profa. Dra. Jocelem Salgado, conta que,
segundo uma pesquisa internacional divulgada em outubro do ano passado, dois terços da população dos países da América Latina, Europa e Ásia não sabem que as doenças cardiovasculares são as que mais matam no mundo.Esse mesmo estudo, feito pelo instituto Adelphi International Research junto a 1.547 pacientes e 700 médicos, apontou que, no Brasil, 80% das pessoas não sabem que o colesterol alto pode causar ataques cardíacos. O Ministério da Saúde estima que as doenças cardiovasculares causam em média 800 mil mortes por ano no Brasil.

Para saber como anda o seu colesterol, é muito importante consultar o médico e realizar exames anuais. Para pessoas com o colesterol elevado, podemos dar algumas dicas que, se você torna-las hábito, baixará seu colesterol ou até normaliza-lo.
·         Coma fruta principalmente as cítricas.
·         Coma vegetais e cereais integrais (aveia, centeio, farelos de trigo, arroz integral etc.): eles são ricos em fibras e substâncias anti-oxidantes.
·          Coma mais peixes marinhos como sardinha, atum, salmão, anchova, cavalinha, que são ricos em Ômega-3.
·         Tempere os pratos com ervas, alho e cebola; reduza o consumo de sal.
·          Utilize laticínios pobres em gordura, como leite e iogurte desnatados.
·          Reduza a ingestão de gorduras saturadas, como aquelas presentes em carnes gordas e em laticínios integrais (manteiga, maionese, requeijão, queijos amarelos, creme de leite).
·          Reduza os alimentos ricos em colesterol, como gema de ovo e fígado.
·          Faça uso, com moderação, de gorduras saudáveis presentes no azeite de oliva, abacate, nozes, castanhas e amêndoas.
·         Diga não às frituras.
A mudança alimentar aliada aos exercícios físicos, com uma certa freqüência, controla as taxas de colesterol bom (HDL) e ruim (LDL). 
A orientação, em nossa cozinha experimental, é para os pais cuidarem das “pegadinhas” costumeiras do dia a dia como salgadinhos, bolachas, sorvetes, chocolate e outras guloseimas que escondem as gorduras.
Também no meu trabalho com Faculdades de Terceira Idade ensino prevenir partindo das compras no supermercados e lojas de conveniência, pois, depois da compra você irá consumir o que comprou, e ai podem estar as “tranqueiras” dos desejos, que são maléficos ao nosso coração.
Cuide-se na hora de alimentar-se para viver mais e melhor!
Segue uma receita de salada simples e refrescante.
 
 FATUCHE
Ingredientes: 1 pé de alface pequeno (melhor americana)– 2 pepinos cortados em rodelas – 3 tomates cortados em cubos- 4 rabanetes em fatias- 1 cebola média picada em pétalas. 1 cenoura grande em finas fatias. Pão sírio, picado em triângulos torrado,
Molho: Suco de 2 limões- 3 colheres de sopa salsinha picada – 4 colheres de sopa de hortelã- 3 dentes de alho picadinho – 4 colheres de sopa de azeite de oliva –sal e pimenta Síria a gosto –
Modo de  Preparo
Molho: Bata bem (emulsifique) os limões com o azeite e o sal depois junte os demais ingredientes do molho e misture bem.
Arrume a salada rasgada e os demais ingredientes – decore com o pão torrado,  em volta e na hora de servir tempere com o molho. Sirva imediatamente.

Comentários

Mais vistas

FESTIVAL GASTRONÔMICO ENCANTOS & SABORES DO SUL DE MINAS

ANA TOMAZONI NA EXPO NEGÓCIOS LITORAL - SÃO SEBASTIÃO