Pular para o conteúdo principal

Terra Madre – Turim – Itália – 21 a 25 de Outubro

Que alegria voltar a Turim, cappuccinos e muitos gelatos! No Terra Madre e Salone del Gusto é a primeira vez, vamos postar algumas notícias desses grandes Eventos nos próximos dias.

As grandes chaves do Terra Madre- Turim 2010, foram as diversidades e lingüísticas, em reconhecimento à necessidade de defesa de grupos étnicos minoritários e línguas indígenas, com uma apreciação do valor da tradição oral e da memória. Num grande estádio olímpico, lotado de pessoas vindas de mais de 150 países, a cerimônia de abertura foi marcada por representantes de comunidades indígenas de todos os continentes do mundo, falaram em seus idiomas nativos, tendo tradução simultânea para oito línguas.

Na abertura oficial a dança tradicional da Macedônia seguida de um espetáculo de música apresentado por crianças de todo o mundo no coral e na orquestra, as Pequenas Huellas alegravam o público. Ao som de Tudo Cambia (Tudo Muda) as bandeiras do mundo inteiro brilhavam. Em cada apresentação uma emoção. Palavras, bençãos e cantos sobre alimentos a natureza e seu povo.

Carlo Petrini (Presidente do Slow), a Prefeitura e uma centena de famílias de Turim, acolheram em suas casas, muitos participantes indígenas, comunidades e pequenos produtores que foram ao Terra Madre e que trabalham com o alimento bom, limpo e justo.

Terra Madre, um acontecimento mundial para ajudar o mundo a mudar os hábitos de consumo, e conscientizar o homem a não destruir seu valor, suas tradições e a sua cultura. Carlo Petrini, em ato de ousadia disse que: “os índios, os agricultores, as mulheres e os velhos são as pessoas que vão salvar e proteger o nosso planeta Terra”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Surpreenda-se com essa dica!

Mensagem de Natal Sabor&Saber Gastronomia

Caldo de legumes caseiro