Pular para o conteúdo principal

Trabalho Acadêmico brasileiro apresentado no México

Estarei no XVI CONGRESSO MUNDIAL DE CIÊNCIA DA EDUCAÇÃO – em Monterrey – México – que acontecerá de 31 de Maio a 04 de Junho 2010, apresentando um trabalho com o tema Uma vivencia interdisciplinar em la educacion de los sentidos

Participam três pesquisadoras, Maria Helena Esteves Conceição Mestra pela PUCSP, Mestra e Dra. em Educação – Dirce Encanacion Tavares e Mestra pela PUC-SP Ana Maria Ruiz Tomazoni, sob orientação da Dra. Ivani Fazenda.

Esse trabalho é fruto de pesquisa realizado em pessoas de 04 a 92 anos, cujo objetivo foi:
Compreender a interdisplinariedade através de investigações de vivências;
desvelar o mistério da simplicidade do sabor & saber e compreender o prazer do gosto, por meio dos sentidos; buscar compreender a educação dos sentidos em todas as idades, destacando a importância do olhar.

Representaremos a PUCSP, Pontifícia Universidade Católica de SP- Brasil.Como gente curiosa que gosta de conhecer o mundo, antes de chegar a Monterrey resolvemos dar uma parada na cidade do México, juntamente com a Dra. Dirce, parceira de apresentação, fomos ‘a casa da Ieda brasileira que vive no México há 6 anos a qual nos recebeu com muito carinho. Ieda é uma jovem dinâmica, simpática e cativante como a maioria dos brasileiros.
Gostaria de dividir com vocês momentos especiais como o de visitar as pirâmides, entender um pouco de sua história, comprar “regalitos coloridos”, comer tacos com suco especial de arroz e canela.

A cidade do México, que figura entre as mais populosas do mundo, lembra bastante São Paulo. Alem de grande, é poluída e tem um trânsito terrível, mas possui uma das histórias mais fantásticas da América e conserva os prédios e ruínas das civilizações antigas muito bem. Há também lindos parques com suas caracteristicas próprias.
Nossa amiga Ieda nos conta que, além de muitas historias astecas, indígena e colonial, a cidade é moderna, com intensas movimentações financeiras e negócios de primeiro mundo, em grande parte influenciados pela fronteira com os Estados Unidos, alias que ela trabalha para uma delas. Mas como uma professora de gastronomia, me encantei pelo lado da cidade que se apresenta como um paraíso para os amantes das comidas apimentadas até no café da manhã. Dos chilis, das guacamoles e dos tacos, tapas e tortillas, sem contar as iguarias à base de cacto, com o qual preparam muitos pratos.

Até suco se faz com a planta alem das bebidas feitas com agave-cacto do preparo da tequila, originaria na exótica planta do deserto, que voce confere na foto com Ieda, Dirce e Ana Tomazoni. Aguardem, passarei receitas.

Comentários

  1. Queridas ANa, Dirce e Maria Helena - adorei as notícias e as receitas da Ana. Façam bonito aí como sempre fizeram. Aproveitem deste tempo de graça. Estou felizes com vocês. Dêem notícias.

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS PELA EXPOSIÇÃO.
    TINHA CERTEZA DE QUE VOCÊS SERIAM UM SUCESSO, TAMBÉM INTERNACIONALMENTE!

    COM CARINHO - MARIA HELENA

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Surpreenda-se com essa dica!

Mensagem de Natal Sabor&Saber Gastronomia

Caldo de legumes caseiro